“AURORA” (2017)

  1. Aurora (feat. Filipe Melo)
  2. Olarecas
  3. Boom (feat. Noiserv)
  4. Poça de Dominó
  5. Êxodos
  6. Un Puente (feat. Lamari de Chambao)
  7. Fado Saltério
  8. Ricochete
  9. Aurora Reprise (feat. Filipe Melo)
  10. Cirrus Nimbus
A comemorar 10 anos de carreira, os Melech Mechaya estão de regresso aos discos com o surpreendente “Aurora”, o quarto longa-duração do grupo. O disco foi misturado por Tony Harris (que trabalhou com nomes como R.E.M., Sinead O’Conner e Verve), e inclui as participações especiais dos portugueses Filipe Melo (piano) e Noiserv (voz), e da cantora espanhola Lamari de Chambao.

Depois dos bem-sucedidos “Aqui Em Baixo Tudo É Simples” e “Gente Estranha”, discos que foram apresentados em mais de 150 concertos em 10 países de 3 continentes, “Aurora” representa o trabalho mais inovador e original do quinteto, alargando os horizontes da música klezmer para uma sonoridade única que é só deles.

  • Título: “Aurora”
  • Duração: 39:34
  • Data de lançamento: 19 Maio de 2017
  • Editora: Felmay (mundo)

Todas as músicas compostas e arranjadas por Melech Mechaya.

Participações especiais: Filipe Melo (piano), Lamari de Chambao (voz), Noiserv (voz), Bruna Andrade (coro), Cláudia Soares (coro) e Rui Andrade (coro).

Gravado e editado por André M. Santos e Miguel Veríssimo no estúdios Círculo da Música (Almada, Portugal) entre Agosto de 2016 e Março de 2017. Mistura por Tony Harris nos estúdios New River (Londres, Reino Unido) entre Setembro de 2016 e Março de 2017. Masterização por Dave Blackman nos estúdios Hilton Grove Mastering (Dunmow, Reino Unido) em Março de 2017. Filipe Melo gravado nos estúdios Timbuktu (Lisboa, Portugal) por André M. Santos. Noiserv gravado no estúdio Noiserv (Charneca da Caparica, Portugal) pelo próprio.

Styling por Adelaide Nunes, fotografias por Ivo Cordeiro, capa e direcção de arte por Rodrigo Lameiras.

            


VÍDEOS


“GENTE ESTRANHA” (2014)

  1. Der Nayer Sher
  2. Gente Estranha (feat. Jazzafari)
  3. Espírito Livre
  4. Khosidl
  5. Malapata
  6. Dromedário
  7. Sr. Xispo
  8. Chegou A Hora
  9. Querubim Barbudo (feat. Amélia Muge)
  10. Deusa Das Calças Amarelas
  11. Interlúdio
  12. Gesundheit
  13. Anachnu Ma’aminim
  14. A Lenda Do Homem Testa
  15. Tudo Está Iluminado
· Disco do ano para os leitores da BandCom (ver)
· Shortlist Songlines Music Awards (ver)
· 3º lugar top iTunes World Music (ver)

Os Melech Mechaya editaram novo álbum no dia 24 de Março pela Ponto Zurca. “Gente Estranha” é o terceiro longa-duração da banda portuguesa e tem participação especial de Amélia Muge, Jazzafari, e Pedro da Silva Martins. O disco foi apresentado na Alemanha no dia 8 de Março e a digressão de apresentação inclui espectáculos em Portugal, Espanha, Bélgica, Suécia, Finlândia, Áustria, Roménia, entre outros.

O single de apresentação de “Gente Estranha” (o tema-título) tem letra de Pedro da Silva Martins e voz de Jazzafari. O teledisco é realizado por António Rodrigues, o cineasta que trabalhou com a banda em “Dança Do Desprazer” e “Los Bentos”, filme que lhe deu o prémio Excellence In Directing Music Video no International Film Festival of Cinematic Arts Los Angeles 2012.

O disco anterior — “Aqui Em Baixo Tudo É Simples” — esteve mais de dois meses nos topes de várias rádios norte-americanas e foi nomeado para melhor disco instrumental nos Independent Music Awards, cujo júri inclui nomes como Tom Waits, Suzanne Vega ou Ziggy Marley. Os Melech Mechaya apresentaram-no em Portugal, Espanha, Brasil, Bélgica, Cabo Verde, Áustria, Suécia e Finlândia.

  • Título: “Gente Estranha”
  • Duração: 44:16
  • Data de Lançamento: 24 de Março de 2014
  • Editora: Ponto Zurca (PT e países lusófonos) e Felmay (resto do mundo)

Produzido por Melech Mechaya. Todas as músicas por Melech Mechaya excepto Anachnu Ma’aminim por Mordechai Ben David, Khosidl por Dave Tarras, Gente Estranha tema tradicional judaico, Der Nayer Sher por Abraham Ellstein. Todos os arranjos por Melech Mechaya.

Participações especiais: Amélia Muge (letra e voz), Jazzafari (voz), e Pedro da Silva Martins (letra).

Gravado por Pedro Quaresma e Sérgio Milhano no estúdio PontoZurca. Editado e misturado por Sérgio Milhano no estúdio PontoZurca. Masterizado por Rui Dias no estúdio Mister Master. Amélia Muge gravada por José Martins.

Fotografia por Ivo Cordeiro, capa e direcção de arte por Rodrigo Lameiras.

            


VÍDEOS


“AQUI EM BAIXO TUDO É SIMPLES” (2011)

  1. Freylach De Varsóvia
  2. Los Bentos
  3. Mazel Tov
  4. Pano Corrido
  5. Gare No Oriente
  6. Jahfotes
  7. Caleidoscópio
  8. Aqui Em Baixo Tudo É Simples
  9. Chapéu Preto
  10. Chinelo Aquático
  11. Doina
  12. Sirba + Di Grine Kuzine
  13. Dança Árabe
· Lista melhores discos do ano Blitz (ver)
· Lista melhores discos do ano RTVE (ver)
· Nomeado melhor disco instrumental IMA (ver)

Depois de, em 2009, se estrearem com “Budja Ba”, aquele que foi considerado o primeiro álbum português de música klezmer, os Melech Mechaya editam em Setembro o seu próximo trabalho. O segundo disco da banda de Almada e Lisboa intitula-se “Aqui Em Baixo Tudo É Simples”, e conta com a participação de dois convidados especiais: Mísia, a premiada fadista portuguesa, e o trompetista norte-americano Frank London, líder e fundador dos Klezmatics, vencedores de um Grammy em 2006.

O teledisco do primeiro single do álbum, “Los Bentos”, é escrito e realizado por António Rodrigues, o cineasta responsável pelo videoclip para o anterior single “Dança Do Desprazer”, distinguido e premiado em festivais como o Fantasporto, Weiterstadt (Alemanha), Bragacine e Porto7. O novo longa-duração será apresentado em espectáculos ao vivo, estando prevista uma digressão por teatros e auditórios que terá início no dia 14 de Outubro na Casa da Música, no Porto.

A banda passou já por festivais como o FMM Sines, Super Bock Surf Fest, Festa do Avante!, Festival Bons Sons ou CCB Fora de Si, e fez a abertura do concerto de Emir Kusturica & The No Smoking Orchestra no Coliseu de Lisboa. Fora de portas, os Melech Mechaya actuaram ainda em festivais na Croácia e em Espanha, tendo encerrado o festival Evoluciona Musica em Burgos (onde participaram ainda Kroke e Portico Quartet) e o festival Frigliana Tres Culturas em Málaga (cujo concerto foi transmitido pela Radio 3 da RTVE).

“Aqui Em Baixo Tudo É Simples” tem a produção da própria banda, inclui 6 temas tradicionais judaicos e 7 temas originais, cujas partituras serão disponibilizadas gratuitamente na página oficial do grupo. O título do novo disco é inspirado pela peça “Ivanov”, de Anton Tchekhov, cuja encenação em 2010 pela companhia de teatro A Truta teve a direcção musical dos Melech Mechaya.

  • Título: “Aqui Em Baixo Tudo É Simples”
  • Duração: 42:08
  • Data de lançamento: 10 de Outubro de 2011
  • Editora: PontoZurca (Portugal) e Felmay (Mundo)

Produzido por Melech Mechaya. Todas as músicas por Melech Mechaya excepto os temas tradicionais Freylach de Varsóvia, Mazel Tov, Sirba + Di Grine Kuzine e Dança Árabe, Chapéu Preto por Arlindo Duarte de Carvalho e Doina por Dave Tarras. Todos os arranjos por Melech Mechaya

Participações especiais: Frank London (trompete) e Mísia (voz).

Gravado, editado, misturado e masterizado por Sérgio Milhano no estúdio PontoZurca.

Fotografia por Ivo Cordeiro e JP Barros. Capa e direcção de arte por Rodrigo Lameiras.

            


“BUDJA BA” (2009)

  1. Dodi Li
  2. Fanfarra
  3. Bulgar De Almada (feat. Tucanas)
  4. Nigun 7
  5. Dança Do Desprazer
  6. Sweet Father
  7. Rad Halaila
  8. Budja Ba
  9. Fado Tantz
  10. Na Festa Do Rabi
  11. Freylach 6.8
  12. Hava Nagila
  13. Melodia De Rua
  14. Cravineiro
  15. Sabituar
  16. Harmónica
Depois de quase meio-ano em retiro criativo, os Melech Mechaya estream-se em disco com o fantástico «Budja Ba» com o selo da Ovação.

“Budja Ba” contém, entre várias novidades, alguns dos momentos fortes do espectáculo ao vivo, como a “Dança do Desprazer” (o primeiro single extraído do disco), o tema-título “Budja Ba”, e o “Bulgar de Almada”, tema que conta com a participação das Tucanas.

  • Título: “Budja Ba”
  • Duração: 52:15
  • Data de lançamento: 12 de Junho de 2009
  • Editora: Ovação

Produzido por Melech Mechaya. Todas as músicas por Melech Mechaya excepto os temas tradicionais Dodi Li, Nigun 7, Dança do Desprazer, Sweet Father, Rad Halaila, Na Festa Do Rabi, Freylach 6.8, Hava Nagila, Melodia de Rua e Harmónica. Todos os arranjos por Melech Mechaya.

Participações especiais: Tucanas (vozes, acordeão e percussões), Ana Sousa (coro), Irina Grelha (coro) e Noémia Grelha (voz).

Gravado e editado por Sérgio Milhano nos estúdio MusicArt. Misturado e Masterizado por Samuel Henriques nos estúdio BeBop.

Fotografia por Ivo Cordeiro. Capa e direcção de arte por Rodrigo Lameiras.

      


“MELECH MECHAYA” (2008)